Artigos de suporte do Web750 e guias de procedimentos:


Gerenciando bancos de dados PostgreSQL com phpPgAdmin



PostgreSQL: um sistema robusto de gerenciamento de banco de dados


O PostgreSQL brilha como um sistema de banco de dados de código aberto robusto e versátil no cenário em constante evolução do gerenciamento de banco de dados. Amplamente aclamado pela sua confiabilidade, o PostgreSQL tornou-se a escolha certa para diversas aplicações, desde pequenos projetos pessoais até sistemas empresariais de grande escala.


Sua habilidade reside em seus recursos avançados, incluindo controle de simultaneidade multiversão, indexação sofisticada e suporte abrangente para vários tipos de dados, como JSON e hstore.


Esses recursos equipam o PostgreSQL para lidar com diversas necessidades de processamento de dados com eficiência. Reforçado ainda por sua adesão aos padrões SQL e capacidade de gerenciar habilmente grandes conjuntos de dados, o PostgreSQL é reconhecido como um sistema de gerenciamento de banco de dados confiável e de alto desempenho.


phpPgAdmin: simplificando o gerenciamento do PostgreSQL


No centro do gerenciamento fácil de bancos de dados PostgreSQL está o phpPgAdmin, uma ferramenta de administração baseada na Web feita sob medida para PostgreSQL. Apresenta uma interface gráfica amigável, simplificando significativamente a administração de bancos de dados PostgreSQL, principalmente para usuários que preferem interfaces gráficas a ferramentas de linha de comando.


phpPgAdmin agiliza muitas operações de banco de dados, como consultas, criação e modificação de banco de dados, gerenciamento de tabelas e configurações de usuários e permissões. Ele serve como uma ponte essencial, orientando os usuários pelas complexidades do gerenciamento de banco de dados com facilidade e eficiência.


PhpPgAdmin é inestimável para muitos usuários, desde desenvolvedores até administradores de banco de dados. Ele fornece uma maneira eficiente e intuitiva de gerenciar bancos de dados para ambientes de desenvolvimento, teste ou produção. Ao oferecer uma visão clara e organizada da estrutura do banco de dados, dos dados e das métricas de desempenho, o phpPgAdmin melhora a experiência geral do usuário.


Configurando o ambiente


Instalação do PostgreSQL


Baixar PostgreSQL: Visite o site oficial do PostgreSQL e baixe a versão mais recente do Psql compatível com seu sistema operacional.


Execute o instalador: inicie o instalador baixado. Normalmente inclui um servidor PostgreSQL, pgAdmin - uma ferramenta de gerenciamento gráfico, ferramentas de linha de comando e o construtor de pilha para extensões e módulos adicionais.


Configuração de instalação: durante a instalação, você será solicitado a definir diversas configurações:


Escolha o diretório de instalação.


Selecione os componentes a serem instalados (você pode manter as seleções padrão).


Especifique o diretório de dados onde os bancos de dados serão armazenados.


Crie uma senha para o superusuário (Postgres).


Escolha a porta padrão (5432 é o padrão, mas pode ser alterado se necessário).


Selecione a localidade padrão.


Conclua a instalação: siga as instruções visuais restantes para concluir a instalação. Você pode iniciar o pgAdmin para gerenciar a pós-instalação do servidor.


Instalando e configurando o phpPgAdmin


Baixe o phpPgAdmin: navegue até o site oficial do phpPgAdmin e baixe a versão mais recente.


Configuração do servidor Web: phpPgAdmin é um aplicativo PHP, então você precisa de um servidor web como Apache ou Nginx e PHP instalado em seu sistema. Instale-os se ainda não o fez.


Extrair e colocar phpPgAdmin: Extraia o arquivo phpPgAdmin baixado e coloque-o no diretório raiz do seu servidor web. Para Apache, geralmente está em /var/www/html/.


Configurar phpPgAdmin: Localize o arquivo config.inc.php no diretório phpPgAdmin. Você precisará editar este arquivo para definir as configurações de conexão:


Defina as credenciais de host, porta e superusuário do PostgreSQL.


Defina $conf['extra_login_security'] como falso (permitindo que ele impeça o login via interface web).


Opcionalmente, personalize outras configurações, como idioma e tema padrão.


Permissões: certifique-se de que o servidor web tenha as permissões necessárias para acessar o diretório e os arquivos phpPgAdmin.


Estabelecendo uma conexão entre phpPgAdmin e PostgreSQL


Abra o phpPgAdmin: acesse o phpPgAdmin navegando até http://localhost/phpPgAdmin no seu navegador (ajuste o URL se sua configuração for diferente).


Faça login no phpPgAdmin: use as credenciais de superusuário do PostgreSQL (ou outro usuário que você criou) para fazer login. Você deverá ver o servidor PostgreSQL listado lá.


Verificar conexão: após o login bem-sucedido, você poderá visualizar seus bancos de dados, esquemas e tabelas PostgreSQL. Agora você pode gerenciar seus bancos de dados PostgreSQL através do phpPgAdmin.


A configuração deste ambiente estabelece uma base sólida para o gerenciamento de bancos de dados PostgreSQL. Com o PostgreSQL e o phpPgAdmin instalados, você pode realizar diversas tarefas de gerenciamento de banco de dados por meio de uma interface amigável.


Visão geral da interface phpPgAdmin


Explorando o painel phpPgAdmin


Ao fazer login no phpPgAdmin, o usuário é recebido por um painel simplificado e intuitivo. Esta interface está dividida em duas seções principais: a árvore de navegação à esquerda e a área de trabalho principal à direita.


Árvore de navegação: à esquerda, a árvore de navegação exibe o servidor PostgreSQL, com nós expansíveis representando bancos de dados, esquemas, tabelas, visualizações e outros objetos. Essa visão hierárquica permite fácil acesso e gerenciamento dos componentes do banco de dados.


Área de trabalho principal: O lado direito do painel é onde ocorre a maior parte da interação. Quando você seleciona um item da árvore de navegação, os detalhes são exibidos aqui, permitindo ações adicionais, como edição, consulta ou exame de estruturas de dados.


Principais recursos e ferramentas do phpPgAdmin


phpPgAdmin oferece diversos recursos e ferramentas, tornando o gerenciamento de banco de dados mais acessível:


Execução SQL: executa consultas SQL diretamente da interface. Esse recurso é inestimável para executar comandos ou scripts rapidamente em seu banco de dados.


Gerenciamento de bancos de dados e tabelas: crie, modifique e exclua facilmente bancos de dados e tabelas. Com assistentes e formulários intuitivos, essas tarefas são simplificadas, mesmo para quem tem conhecimento limitado de SQL.


Manipulação de dados: insira, atualize ou exclua registros em tabelas por meio de uma interface amigável, sem a necessidade de escrever consultas SQL.


Relatórios e exportações: gere relatórios de estruturas ou dados de banco de dados e exporte-os em vários formatos, incluindo CSV, SQL, XML ou texto simples.


Navegar pelas seções


Navegar pelo phpPgAdmin é simples:


Bancos de dados: clicar em um banco de dados na árvore de navegação revela seus esquemas, tabelas, funções e muito mais.


Esquemas: dentro de cada banco de dados, os esquemas organizam os objetos do banco de dados. Os usuários podem visualizar e gerenciar tabelas, visualizações, sequências e funções dentro de cada esquema.


Tabelas: Selecionar uma tabela permite visualizar sua estrutura, índices, restrições e gatilhos. Os usuários podem navegar, inserir e modificar dados da tabela diretamente nesta interface.


Recursos avançados: para usuários mais avançados, o phpPgAdmin fornece acesso a recursos como gerenciamento de gatilhos e visualizações, configurações de funções e permissões e tarefas de manutenção de banco de dados.


Gerenciamento de banco de dados no phpPgAdmin


Criando e excluindo bancos de dados no phpPgAdmin


Criando um banco de dados:


Acesse o Painel: Faça login no phpPgAdmin e selecione o servidor PostgreSQL no painel de navegação esquerdo.


Iniciar a criação do banco de dados: clique na guia 'Bancos de dados' e selecione 'Criar banco de dados'.


Definir configurações do banco de dados: insira o nome do novo banco de dados. Opcionalmente, ajuste configurações como codificação, agrupamento e proprietário. Essas configurações determinam como o banco de dados lida com conjuntos de caracteres e classifica os dados.


Criar: Clique em 'Criar' para finalizar a criação do banco de dados. O novo banco de dados pSQL aparecerá agora na lista de bancos de dados.


Excluir um banco de dados:


Selecione o banco de dados: No painel do phpPgAdmin, navegue até o banco de dados que deseja excluir.


Abrir guia Operações: clique na guia 'Operações' no banco de dados.


Excluir banco de dados: Clique na opção 'Descartar banco de dados'. Um aviso aparecerá para confirmar que você está ciente da exclusão permanente.


Confirmar exclusão: após a confirmação, o banco de dados será removido permanentemente.


Gerenciamento de propriedades e configurações do banco de dados


Modificar configurações do banco de dados:


Navegar até banco de dados: selecione o banco de dados cujas configurações você deseja modificar.


Acessar Propriedades: Clique na guia 'Propriedades'.


Editar configurações: você pode alterar configurações como o proprietário ou o nível de isolamento da transação padrão. Esta área permite ajustar o comportamento do banco de dados de acordo com necessidades específicas.


Gerenciamento de usuários e permissões:


Acesse a seção Privilégios: Navegue até a aba 'Privilégios' dentro do banco de dados.


Configurar funções de usuário: você pode conceder ou revogar funções e permissões de usuário aqui. Esse recurso é crucial para manter a segurança e o controle de acesso adequado no banco de dados.


Importação e exportação de bancos de dados


Importando um banco de dados:


Prepare o arquivo de importação: certifique-se de ter o arquivo de dump do banco de dados (geralmente em formato SQL) pronto para importação.


Selecionar banco de dados: escolha o banco de dados para o qual deseja importar ou crie um novo.


Acessar ferramentas de importação: clique na guia 'SQL' para executar comandos SQL dentro do banco de dados.


Carregar e executar a importação: use a opção de upload de arquivo para selecionar e executar seu arquivo de despejo. Os comandos no arquivo recriarão a estrutura e os dados do banco de dados.


Exportando um banco de dados:


Selecione o banco de dados: Escolha o banco de dados que deseja exportar.


Abrir guia Exportar: navegue até a guia 'Exportar' no banco de dados.


Configurar opções de exportação: escolha o formato de exportação (por exemplo, SQL, CSV, XML). Você também pode selecionar tabelas ou intervalos de dados específicos e incluir esquema ou apenas dados.


Executar Exportação: Depois de configurado, execute a exportação. O banco de dados será despejado no formato selecionado, pronto para download ou uso em outro lugar.


Trabalhando com tabelas no phpPgAdmin


Criando tabelas


Acesse o banco de dados: Faça login no phpPgAdmin, selecione o servidor PostgreSQL e navegue até o banco de dados onde deseja criar uma tabela.


Iniciar criação de tabela: clique na guia "Tabelas" e escolha "Criar tabela".


Definir configurações da tabela:


Nomeie sua tabela: atribua um nome à nova tabela.


Definir colunas: especifique as colunas, seus tipos de dados (por exemplo, inteiro, varchar, data) e quaisquer restrições (como NOT NULL).


Definir chave primária: como opção, designe uma chave primária para a tabela, que é crucial para a integridade do banco de dados.


Adicionar propriedades adicionais: você pode definir outras propriedades, como valores padrão ou restrições de verificação.


Criar a Tabela: Após definir as configurações, clique em 'Criar' para finalizar a criação da tabela. A nova tabela aparecerá na lista de tabelas do banco de dados.


Alterando tabelas


Selecione a Tabela: Clique na tabela que deseja alterar em seu banco de dados.


Acessar estrutura da tabela: abra a guia 'Estrutura' para visualizar as colunas e propriedades da tabela.


Faça modificações:


Adicionar ou modificar colunas: você pode adicionar novas colunas ou alterar as existentes, ajustando seus tipos de dados e restrições.


Alterar opções de tabela: modifique as propriedades no nível da tabela, como renomear a tabela ou alterar seu comentário.


Gerenciar índices e chaves: adicione ou modifique índices e chaves para otimizar o desempenho e a integridade dos dados.


Salvar alterações: aplique as alterações para atualizar a estrutura da tabela.


Excluir tabelas


Navegar até a tabela: selecione a tabela que você pretende excluir do seu banco de dados.


Escolha descartar: clique na guia 'Operações' e selecione 'Descartar tabela'. Um prompt de confirmação aparecerá.


Confirmar exclusão: confirme a ação para excluir a tabela permanentemente. Esta ação é irreversível, portanto, certifique-se de que seja feita com cautela.


Gerenciamento de colunas e tipos de dados


Operações de coluna:


Adicionar colunas: use o recurso "Adicionar coluna" na visualização da estrutura da tabela para incluir novas colunas.


Modificar colunas: editando suas propriedades, altere o tipo de dados, o valor padrão ou as restrições de uma coluna.


Descartar colunas: remova colunas desnecessárias através da opção 'Descartar'.


Gerenciamento de tipos de dados:


Escolha cuidadosamente os tipos de dados para cada coluna com base na natureza dos dados (texto, números, datas, etc.).


Use tamanhos e comprimentos apropriados para otimizar o armazenamento e o desempenho.


Restrições de indexação e chave estrangeira


Criando índices:


Navegue até a guia "Índices" em uma tabela.


Use o recurso 'Criar índice' para definir novos índices. Especifique o tipo de índice (por exemplo, árvore B, Hash), colunas e outras propriedades.


Os índices melhoram o desempenho da recuperação de dados, mas devem ser usados criteriosamente para evitar degradação do desempenho.


Definindo chaves estrangeiras:


Acesse a guia 'Restrições' na visualização da estrutura da tabela.


Escolha 'Adicionar chave estrangeira' e defina o relacionamento especificando a tabela e as colunas de referência.


As chaves estrangeiras impõem a integridade referencial, garantindo a consistência dos dados nas tabelas relacionadas.


O gerenciamento de tabelas no phpPgAdmin é um aspecto central da administração de banco de dados.


Manipulação de dados no phpPgAdmin


Inserir, atualizar e excluir registros


Inserindo registros:


Navegue até a tabela desejada em seu banco de dados.


Selecione a guia 'Navegar' para visualizar os dados da tabela.


Clique em 'Inserir' para adicionar um novo registro.


Preencha os valores de cada coluna no formulário fornecido e clique em 'Inserir' para adicionar o registro.


Atualizando registros:


Na guia 'Navegar', localize o registro que deseja atualizar.


Clique no ícone "Editar" desse registro.


Modifique os valores no formulário conforme necessário e salve as alterações.


Excluindo registros:


Encontre o registro que deseja excluir na guia 'Navegar'.


Clique no ícone "Excluir" ao lado desse registro.


Confirme a exclusão do registro no prompt exibido.


Utilização de consultas SQL para manipulação de dados


Acesse a guia SQL:


Selecione a aba 'SQL' no banco de dados para acessar a interface de execução de comandos SQL.


Escrever consultas SQL:


Você pode escrever consultas SQL manualmente para realizar diversas tarefas de manipulação de dados aqui.


Por exemplo, você pode usar instruções INSERT, UPDATE e DELETE para adicionar, modificar ou remover registros.


Executar consultas:


Depois de escrever sua consulta, clique em 'Executar' para executá-la.


Os resultados da consulta serão exibidos na parte inferior da interface SQL.


Visualização e análise dos resultados da consulta


Revisar resultado da consulta:


Quando você executa consultas SQL, os resultados serão mostrados em formato tabular na parte inferior da interface SQL.


Você pode ver os dados que correspondem aos seus critérios de consulta.


Exportar resultados da consulta:


Se você precisar salvar ou analisar os resultados da consulta externamente, o phpPgAdmin pode exportar dados em vários formatos, incluindo CSV, SQL, XML ou texto simples.


Clique em 'Exportar' e selecione seu formato preferido.


Analisar e otimizar consultas:


Você pode usar o phpPgAdmin para criar o perfil de suas consultas, avaliar seu desempenho e identificar possíveis gargalos.


Otimize as consultas para melhorar o desempenho e a capacidade de resposta do banco de dados.


A manipulação de dados no phpPgAdmin é um processo flexível e eficiente. Os usuários podem realizar tarefas simples como inserir, atualizar e excluir registros usando a interface gráfica.


Recursos Avançados no phpPgAdmin


Gatilhos, visualizações e procedimentos armazenados


Acionadores:


phpPgAdmin permite criar e gerenciar gatilhos, que são funções especiais executadas automaticamente quando eventos específicos ocorrem em uma tabela. Os gatilhos são usados para impor a integridade dos dados ou automatizar ações.


Navegue até a seção 'Triggers' na visualização da estrutura de uma tabela para trabalhar com triggers. Aqui você pode definir funções de gatilho e especificar quando elas devem ser invocadas.


Visualizações:


As visualizações no phpPgAdmin são tabelas virtuais geradas por consultas. Eles fornecem uma maneira de simplificar consultas complexas ou apresentar subconjuntos específicos de dados aos usuários sem expor a estrutura subjacente do banco de dados.


Você pode criar, modificar e excluir visualizações na seção "Visualizações" do seu banco de dados.


Procedimentos armazenados:


Procedimentos armazenados são conjuntos reutilizáveis de instruções SQL executadas com um único comando. Eles melhoram a modularidade do código e podem melhorar o desempenho.


No phpPgAdmin, você pode criar e gerenciar procedimentos armazenados na seção 'Funções' de um banco de dados. Você pode definir parâmetros de entrada e saída aqui e escrever o código SQL do procedimento.


Gerenciamento de funções e permissões de usuários


Funções do usuário:


phpPgAdmin fornece uma interface para gerenciar funções de usuário, permitindo criar e atribuir funções com privilégios específicos.


As funções são cruciais para controlar o acesso aos objetos do banco de dados e manter a segurança.


Permissões:


Você pode configurar permissões detalhadas para usuários e funções no phpPgAdmin. Defina quem pode ler, gravar, atualizar ou excluir dados em tabelas e executar funções e procedimentos.


Acesse a guia "Privilégios" em uma tabela ou esquema para definir permissões.


Configurar backups e tarefas de manutenção


Backups de banco de dados:


phpPgAdmin simplifica o processo de criação de backups de banco de dados. Navegue até a guia 'SQL', selecione 'Backup' e especifique o formato de destino (por exemplo, SQL, texto simples).


Os backups são cruciais para a recuperação de desastres e a preservação de dados.


Tarefas de manutenção:


O phpPgAdmin permite agendar tarefas de manutenção, como limpar e analisar tabelas para otimizar o desempenho do banco de dados.


Acesse a guia 'Manutenção' para configurar e executar essas tarefas regularmente.


Os recursos avançados do phpPgAdmin capacitam os administradores de banco de dados a implementar lógica complexa, gerenciar o controle de acesso e garantir a integridade e o desempenho dos bancos de dados PostgreSQL.


Práticas recomendadas e dicas no phpPgAdmin


Práticas recomendadas de segurança para gerenciamento de banco de dados


Use autenticação forte:


Certifique-se de que seu banco de dados PostgreSQL use métodos de autenticação fortes. Evite usar senhas padrão ou fracas para contas de usuário.


Controle de acesso baseado em função:


Implemente o controle de acesso baseado em funções (RBAC) para conceder os privilégios mínimos necessários a usuários e funções. Restrinja o acesso a dados e funções confidenciais.


Atualizações regulares:


Mantenha o PostgreSQL e o phpPgAdmin atualizados com os patches de segurança e desenvolvimento mais recentes para se proteger contra vulnerabilidades conhecidas.


Criptografia de dados:


Ative a criptografia SSL/TLS para conexões de banco de dados para proteger os dados em trânsito.


Backup e recuperação:


Faça backup regularmente de seus bancos de dados e teste o processo de restauração para garantir a recuperação dos dados em caso de perda ou corrupção de dados.


Dicas de otimização de desempenho para PostgreSQL usando phpPgAdmin


Indexação:


Planeje e crie cuidadosamente índices em colunas usadas com frequência em consultas para melhorar o desempenho.


Otimização de consulta:


Monitore e analise o desempenho das consultas usando as ferramentas de análise de consultas do phpPgAdmin. Identifique consultas lentas e otimize-as.


Aspiração:


Programe a aspiração regular das mesas para recuperar espaço e manter o desempenho. As tarefas de manutenção do phpPgAdmin podem ajudar a automatizar esse processo.


Pooling de conexões:


Considere usar o pool de conexões para gerenciar conexões de banco de dados e reduzir a sobrecarga com eficiência.


Monitoramento e ajuste:


Use ferramentas de monitoramento para monitorar métricas de desempenho do banco de dados. Ajuste os parâmetros de configuração conforme necessário para otimizar o desempenho.


Solução de problemas comuns


Problemas de conexão:


Se você encontrar problemas de conexão, verifique o status do servidor PostgreSQL e certifique-se de que sua configuração do phpPgAdmin esteja correta.


Tratamento de erros:


Familiarize-se com mensagens de erro comuns e seus significados. O phpPgAdmin fornece detalhes do erro que podem ajudar na solução de problemas.


Registros:


Revise os logs do banco de dados em busca de mensagens de erro ou atividades incomuns. Os registros podem fornecer informações valiosas sobre os problemas.


Gargalos de desempenho:


Ao enfrentar problemas de desempenho, analise consultas lentas e gargalos usando ferramentas de análise de consultas. Ajuste índices, consultas ou recursos do servidor adequadamente.


Falhas de backup e restauração:


Se os backups ou restaurações falharem, verifique as permissões dos arquivos e o espaço disponível em disco e certifique-se de que os arquivos de backup não estejam corrompidos.


Ao aderir às práticas recomendadas de segurança, otimizar o desempenho do banco de dados e estar preparado para solucionar problemas comuns, você pode gerenciar bancos de dados PostgreSQL de maneira eficaz com o phpPgAdmin.


Conclusão


Concluindo, o phpPgAdmin prova ser um companheiro indispensável no mundo do gerenciamento de banco de dados PostgreSQL. Sua interface amigável simplifica tarefas que vão desde a entrada básica de dados até a otimização avançada de consultas.


Com a capacidade de criar e modificar tabelas, gerenciar funções e permissões de usuários e automatizar tarefas de manutenção, o phpPgAdmin capacita os administradores a manter ambientes de banco de dados robustos e seguros.


Seguindo as práticas recomendadas para segurança de banco de dados e otimização de desempenho, os usuários podem aproveitar todo o potencial do PostgreSQL enquanto solucionam problemas comuns de forma eficaz.


No gerenciamento de banco de dados, o phpPgAdmin é uma ferramenta versátil e inestimável que aprimora a experiência do PostgreSQL e garante a integridade e a eficiência dos dados.


Links / Recursos úteis


  • PostgreSQL Downloads

  • Download phpPgAdmin (GitHub)

  • PostgreSQL Tutorials

  • Support Article (in English)

  • Managed Dedicated servers with PostgreSQL (Web750)

  • Go back to Web750